COMO RESERVAR

1 Escolha as datas de reserva.
2 Escolha os tipos de quartos .
3 Efectue o pagamento

Se ainda tiver problemas, informe-nos, enviando um e-mail para hotelboavista@hotelboavista.com . Obrigado!

Post Image

SOBRE NÓS

O Hotel Boavista, nas Termas de Monfortinho foi fundado há mais de 50 anos, inicialmente como "Pensão Boavista", mas depois de efectuadas obras de melhoramento com o objectivo de melhor servir os nossos clientes, passou a ser um hotel de 2 estrelas.
Temos para lhe oferecer execelentes condições para a sua estadia, para tratamento nas termas, férias ou passar só um fim de semana , que sejam dias de descanso, tranquilos e relaxantes num ambiente simpático, muito acolhedor e familiar.
Se ainda não nos conhece , na sua proxima visita ás Termas de Monfortinho, venha visitar-nos, você vai apreciar a forma como recebemos e tratamos os nossos hóspedes.

Monfortinho é uma freguesia portuguesa do concelho de Idanha-a-Nova, com 53,18 km² de área e 608 habitantes (2001). Densidade: 11,4 hab/km². Bastante antiga, divide-se em dois lugares, destacando-se pelas Termas de Monfortinho com águas provenientes da Serra de Penha Garcia, aconselhadas para fígado e vias biliares, intestinos, pele e aparelho locomotor.
Bastante antiga, esta freguesia, localiza-se na Raia estando geograficamente separada de Espanha apenas pelo Rio Erges que ali nasce indo, posteriormente, contribuir para o aumento do caudal do rio Tejo, como seu afluente.
Fazem parte da freguesia os lugares de Torre e Termas de Monfortinho.
Antes das guerras da Restauração, Monfortinho teve uma certa importância social, mas foi praticamente destruída pelos espanhóis depois de 1640.
Meia escondida na encosta da Serra, Monfortinho, é conhecido pela organização do tradicional Bodo. Um festejo popular ancestral efectuado como forma de agradecimento à Nossa Senhora da Consolação ao livrar os campos e searas, em 1870, da enorme praga de gafanhotos.
Desta forma, tanto a procissão como o bodo, deviam realizar-se na Segunda-feira depois do domingo de Páscoa e ser efectuado com as dádivas dos lavradores e pastores de toda a freguesia (incluindo os lugares da Torre e do Carriçal). Assim aconteceu até 1905, ano em que Salvaterra do Extremo atendendo às reclamações dos mais idosos devido à longa distância que os separava de Monfortinho, decidiram reconstruir, sobre as ruínas da Capela do Senhor da Pedra outra capela dedicada ao culto da Senhora da Consolação e igual organização do bodo.

ACEDA A SUA CONTA

CREATE ACCOUNT

FORGOT YOUR DETAILS?

TOP